CALIBRAÇÃO DE SONDA TDR E DESEMPENHO DE MODELOS PARA DETERMINAÇÃO DE UMIDADE EM ARGISSOLO - DOI: 10.7127/rbai.v12n200756

Paloma Francisca de Almeida, Robson Bonomo, Fábio Oseias dos Reis, Mariana Vasconcelos Barroca, Joabe Martins de Souza

Resumo


O Time-Domain Reflectometry (TDR) ou, reflectometria no domínio do tempo, é uma das técnicas utilizadas para medida de umidade de solo, tendo a necessidade de fazer a calibração do aparelho para que se tenha a adequação e exatidão nas medidas a ser realizado. Portanto, objetivou-se avaliar calibração de sonda TDR e desempenho de modelos para determinação de umidade em um Argissolo Amarelo no Norte do Espírito Santo em duas profundidades e tipos de amostras. Foram seguidas duas metodologias, a do fabricante do TDR-ML3 e a utilizada por Coelho et al. (2006), em um Argissolo Amarelo com amostras deformadas e indeformadas, nas profundidades de 0-20 e de 20-50 cm. Concluiu-se que o uso de amostras indeformadas para calibração do equipamento é o mais indicado, a profundidade que apresentou melhor desempenho foi a de 0 a 20 cm.  Os valores de umidade do solo obtidos pelo modelo do fabricante e os de calibração apresentaram valores superestimados em relação a umidade do solo obtida pelo método padrão de umidade do solo. As menores superestimavas foram obtidas pelo modelo de TDR, seguindo pelo modelo de calibração de Ledieu para um Argissolo do Norte do Espírito Santo.


Palavras-chave


Umidade do solo, Reflectometria no Domínio do Tempo, Amostras indeformadas e deformadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Agricultura Irrigada - RBAI

ISSN: 1982-7679

E-mail: revista@inovagri.org.br

+55 85 32681597