ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA PARA O ESTADO DO MARANHÃO - DOI: 10.7127/rbai.v12n500847

Jhonata Santos Santana, Wilson Araújo da Silva, Elton Ferreira Lima, Gustavo Costa de Oliveira

Resumo


A evapotranspiração de referência (ETo) é uma variável relevante para o planejamento e manejo da irrigação, pois permite quantificar a demanda de água em uma determinada área de cultivo, informação esta, de fundamental importância no manejo adequado da irrigação. Assim esse trabalho teve como objetivo caracterizar a distribuição espacial e temporal da Evapotranspiração de referência-ETo para o Estado do Maranhão e gerar informações que possam auxiliar os técnicos e produtores rurais no dimensionamento e manejo de sistemas de irrigação para distintas regiões do Estado. Os valores de ETo foram estimados pelo método de Penman-Monteith-FAO e espacializados utilizando-se o método de interpolação IDW. Através dos mapas interpolados de ETo verificou-se que o trimestre mais seco é formado pelos meses de agosto, setembro e outubro e as médias mensais de ETo variaram de 2,05 mm dia-1 (fevereiro) à 3,86 mm. dia-1 (setembro). A região Leste (na divisa com Piauí) é a que apresenta maior de déficit hídrico ao longo do ano. Percebe-se que nas Regiões Sudoeste e Sul a ocorrência de maiores valores de ETo nos meses de maio a setembro caracterizando o pico da estação seca nessas regiões. Já período que vai de outubro a fevereiro é caracterizado por uma clara inversão de padrões de ETo ocorrendo o pico da estação seca nas Regiões Norte, Leste e Central do Maranhão.


Palavras-chave


: Irrigação, Penman-Monteith-FAO, interpolação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Agricultura Irrigada - RBAI

ISSN: 1982-7679

E-mail: revista@inovagri.org.br

+55 85 32681597