V Winotec

2018 Sobral/Ceará 23 a 25 de Maio

Palestrantes Home

PROFA. EUNICE MAIA DE ANDRADE

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará (1985), mestrado em Agronomia – Irrigação e Drenagem pela Universidade Federal do Ceará (1988) e doutorado em Recursos Naturais Renováveis pela Universidade do Arizona, USA (1997). Efetuou estagio pós-doc na Universidade de Valladolid, Espanha (2011-2012) Atualmente é professora Titular aposentada da Universidade Federal do Ceará. Desenvolve pesquisas voltadas para o semiárido, atuando principalmente nos seguintes temas: hidrologia de regiões semiáridas, sustentabilidade do capital natural, conservação de solo e água e estoque de carbono na caatinga. Publicou 132 artigos em periódicos indexados, nacionais e internacionais, e 380 artigos completos e resumos expandidos em eventos nacionais e internacionais, 2 livros e 18 capítulos de livros. Já orientou 60 Iniciação Científica, 37 dissertações de mestrado e 10 teses de doutorado. É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – nível 1A. Foi Editora chefe da Revista Ciência Agronômica no período de 2003-2012. Atualmente é editora de área dos periódicos: Revista Ciência Agronômica (UFC), Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (UFPB), e Revista Agro@mbiente (UFRR). Atua como revisora de periódicos nacionais e internacionais.

 

SALOMÃO DE SOUSA MEDEIROS

Natural de Sousa (PB), Salomão de Sousa Medeiros é graduado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), possui mestrado e doutorado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). No período de 2007 a 2009, atuou como Chefe Geral da Unidade de Apoio Hidroagrícola da 2ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).
Em 2009, ingressou na carreira de ciência, tecnologia e inovação, passando a atuar como pesquisador do Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTIC) na área de recursos hídricos para o Semiárido brasileiro. No período de 2011 a 2015, atuou como assessor técnico e diretor substituto do Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTIC). De 2012 a 2014, foi Presidente da Associação Brasileira de Captação e Manejo de Água de Chuva (ABCMAC). Desde 2015 é diretor do Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTIC).

 

 

RICARDO DA CUNHA CORREIA LIMA

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Campina Grande, Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental pela Universidade Estadual da Paraíba e Doutorado em Recursos Naturais pela Universidade Federal de Campina Grande. Atuou como tecnologista no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais na Missão Espacial Completa Brasileira. Implantou e coordenou o Laboratório de Meteorologia, Recursos Hídricos e Sensoriamento Remoto da Paraíba. Foi Diretor da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. Atualmente é Coordenador de Pesquisa e tecnologista do Instituto Nacional do Semiárido, atuando na área de geotecnologias aplicadas ao monitoramento da desertificação.

 

 

DANIEL DUARTE PEREIRA

Graduação em Agronomia UFPB/CCA (1987), Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente – Gerenciamento Ambiental UFPB (2003) e Doutorado em Recursos Naturais UFCG (2008). Professor Adjunto III da UFPB, CCA. Disciplinas de Recursos Naturais Renováveis, Agroecologia, Ecologia do Semiárido, Floricultura e Paisagismo e Coordenador do Módulo de Agroecologia . Tem Experiência na área de Agronomia/Ecologia, com ênfase em Agroecologia, Silvicultura e Recursos Ambientais, atuando nos temas: Semiárido, Semiaridez, Desertificação; Manejo e Ecologia das Caatingas, Sistemas Agroflorestais, Recuperação de Áreas Degradadas, Análise Ambiental, Valoração Econômica de Recursos Ambientais e Adequação Ambiental de Propriedades e Projetos de Assentamento Rurais. É Pesquisador Bolsista do INSA/MCTI desde 2012, onde foi Assessor Técnico por ocasião da implantação nos anos de 2006-2007 e atualmente coordena o Núcleo de Desenvolvimento e Tecnologias Sociais. Coordena a Incubadora de Artefatos de Couro e Calçados INAC/PaqTc/ITCG/Sebrae/Cerne/Anprotec. Participa como coordenador pedagógico do Curso de Especialização Processos Históricos e Inovações Tecnológicas no Semiárido UFPB/MDA/PRONERA/INSA. Realizou várias consultorias para o Banco Mundial, Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Educação e Ministério do Desenvolvimento Agrário. Participou como professor e pesquisador da Universidade Camponesa (UniCampo) UFCG/CIRAD. Participou da criação do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido CDSA/UFCG, Campus Sumé. Elaborou e coordenou diversos projetos na área ambiental e em especial no Bioma Caatinga e é autor dos livros Plantas, Prosa e Poesia do Semiárido (2005) e Mangas, Malhadas e Cercados Um Semiárido que não se Rende! (2008). Organizador de vários livros e autor de diversos capítulos em vários livros. Foi recebedor do Prêmio Nordestino de Ecologia (1995), do Prêmio Paraibano de Ecologia (2000), do Prêmio Telmo Araújo – Semiárido (2008) e do Prêmio Gente do Cariri (2013). Foi Presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Norte. É Presidente do Instituto Histórico e Geographico do Cariri Paraibano, Membro da Academia de Letras de Campina Grande, Membro do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano, Membro da Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço, Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Pocinhos, Membro da Academia de Letras de Areia, Membro do Instituto Histórico de Campina Grande, Membro da Sociedade Paraibano de Arqueologia e Membro do Conselho Estadual de Cultura. Foi Presidente da Fundação Severino Cabral em Campina Grande. Foi Membro da Comissão Técnica de Análise de Projetos do Fundo Estadual de Cultura Augusto dos Anjos. Foi Conselheiro do Conselho Estadual de Recursos Hídricos. Foi coordenador pedagógico das Expedições do Semiárido UFCG/PEASA/MISA nos anos de 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014. É Curador Voluntário do Museu Interativo do Semiárido (MISA/PEASA/UFCG). Fundador do Museu Interativo do Semiárido (MISA/UFCG) e do Museum Regional do Cariry Balduíno Lellys. Fundador do Grupo de Estudos Históricos, Artísticos e Ambientais Horácio de Almeida (GEHA).

 

 

Francisco Bergson Parente Fernandes

Possui graduação em Agronomia pelo Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará. É especialista em Irrigação e Drenagem e especialista em Extensão Rural. Possui Mestrado e Doutorado em Agronomia (Irrigação e Drenagem) pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é Agente de Ater – Assessor Estadual de Planejamento da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Extensão Rural.

 

HYPÉRIDES PEREIRA DE MACEDO

Engenheiro Civil pela Universidade Federal do Ceará. É Mestre em Hidráulica e Recursos Hídricos pela USP/SP e CT/UFC. Foi professor titular do curso de Hidráulica da UNIFOR. Foi Secretário dos Recursos Hídricos e do Planejamento do Estado do Ceará. Foi também Secretário de Infraestrutura Hídrica do Ministério de Integração Nacional Atualmente segue Presidente da empresa IBI ENGENHARIA CONSULTIVA S/A.

 

SILVIO CARLOS RIBEIRO VIEIRA LIMA

Engenheiro Agrônomo e Mestre em Irrigação e Drenagem pela Universidade Federal do Ceará – UFC. É Doutor em Ciências, área de concentração em Irrigação e Drenagem pela ESALQ/USP (2009) com estágio sanduíche em Córdoba – Espanha no Instituto de Agricultura Sostenible (IAS/CSIC). De novembro de 2012 a outubro de 2013 fez Pós-doutorado com bolsa do CNPq na Universidade da Califórnia, Davis onde foi Pesquisador Visitante no Department of Land, Air and Water Resources (LAWR), desenvolvendo pesquisas voltadas para modelos de serviços de assessoramento ao irrigante e micrometeorologia aplicada à irrigação. Foi professor do Curso de Tecnologia da Irrigação do Instituto CENTEC de agosto de 2001 a fevereiro de 2011. Diretor Regional da Faculdade CENTEC de Sobral, de julho de 2004 a janeiro de 2006 e Gerente Técnico do Laboratório de Ensaios em Equipamentos de Irrigação – LEEI, laboratório este que foi acreditado pelo INMETRO em 2007. Em janeiro de 2007 foi um dos fundadores do Instituto de Pesquisa e Inovação na Agricultura Irrigada – INOVAGRI. No INOVAGRI fez parte da comissão organizadora do Workshop Internacional sobre Inovações Tecnológicas na Irrigação – WINOTEC nos anos de 2007, 2008 e 2010. Em 2011 da organização do Workshop sobre Ciência e Tecnologia na Irrigação – WorkCTI, em Piracicaba – SP. Desde 2012 participa da organização do INOVAGRI International Meeting com versões realizadas também em 2014 e 2015 e 2017, todos em Fortaleza. Em 2016, participou da organização de uma versão especial em Concepción, Chile que foi o CRHIAM – INOVAGRI. Participa da equipe executora de diversos projetos e dentre eles pode-se destacar o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Engenharia da Irrigação (INCT-EI), que teve sede na ESALQ/USP. Em 2012, coordenou os Cursos de Manejo da Irrigação e Avaliação de Sistemas de Irrigação realizados pela Agência Nacional de Águas ANA, em 18 pólos de agricultura irrigada do Brasil. Em 2015 e 2016 este programa foi expandido com a temática “Água no Meio Rural” com 60 cursos presenciais e cursos à distância. Coordenou regionalmente o Projeto Serviço de Assessoramento ao Irrigante – SAI, projeto executado no Distrito de Irrigação do Baixo Acaraú – CE, sendo um dos autores do Sistema de Assessoramento ao Irrigante – S@I (Software Registrado no INPI). É pesquisador voluntário do Instituto INOVAGRI e participa de projetos com parcerias internacionais de diversas Instituições na área de Engenharia de Água e Solo principalmente nos seguintes temas: Gestão de Áreas Irrigadas, Tecnologia da Informação na Irrigação, Agrometeorologia, Serviço de Assessoramento ao Irrigante; Avaliação de Sistemas Irrigados, Gestão da Inovação Tecnológica e Divulgação Científica. Atualmente exerce o cargo de Diretor de Agronegócios da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará – ADECE, planejando e desenvolvendo ações, planos, projetos e parcerias que visem à geração de oportunidades de investimentos e ao desenvolvimento do setor do agronegócio cearense. Representa a ADECE como membro titular nos seguintes conselhos: Conselho Superior da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FUNCAP, Conselho de Recursos Hídricos do Ceará – CONERH e Conselho Deliberativo do SEBRAE/Ceará.

 
 

Demétrios Christófidis

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade de Brasília; graduação em Administração de Empresas Públicas e Privadas pela Universidade do Distrito Federal; e Doutorado em Desenvolvimento Sustentável, Gestão Ambiental e Gestão e Políticas Públicas de Recursos Hídricos pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília. Especialista Sênior em Infraestruturas do Ministério do Planejamento. Atuou no Ministério da Agricultura e Pecuária como Coordenador Geral de Irrigação. No Conselho Nacional de Recursos Hídricos, presidiu a Câmara Técnica de Ciência e Tecnologia; presidiu a Câmara de Educação e Mobilização Social; onde também foi presidente da Comissão Permanente de Ética. Atualmente é professor do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília.

 
 

Danielson Vieira de Araújo

Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Campina Grande em 2004. Especialização em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas em 2013. Experiência em empresas do setor elétrico e de óleo e gás. Analista em Desenvolvimento Regional concursado da Codevasf desde 2013. Gerente de Operação do Projeto de Integração do São Francisco desde 2014.

 


Carlos Alberto Perdigão Pessoa

Engenheiro Civil pela Universidade Federal do Ceará (1999) com mestrado em hidráulica e saneamento pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (2002). Pertencente ao quadro de Especialistas em Recursos Hídricos da Agência Nacional de Águas desde 2003. Nos últimos cinco anos vem trabalhando como coordenador na Superintendência de Planejamento de Recursos Hídricos da Agência.

 


Claudivan Feitosa de Lacerda

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará, mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal do Ceará e doutorado em Ciências Agrárias (Fisiologia Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa. Possui pós-doutorado pela University of California, Riverside (UCR) and US Salinity Laboratory/ARS/USDA. Atualmente é o Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da UFC. É professor Associado IV do Departamento de Engenharia Agrícola do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará, Pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Salinidade (INCTSal) e Bolsista de Produtividade do CNPq. Atua principalmente nos seguintes temas: Eficiência no uso de água e de nutientes em plantas sob condições normais e sob estresse; Tolerância à salinidade de culturas anuais (sorgo, feijão-de-corda, milho, algodâo), perenes (coqueiro, cajueiro) e ornamentais; Estratégias visando a utilização de águas salinas e residuárias na irrigação; Manejo de solos salinos e sódicos; Ecofisiologia vegetal.

 


Alexandre de Souza Fontenelle

Possui Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Ceará, Mestrado em Geotecnia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Doutorado em Engenharia Civil (Recursos Hídricos) pela Universidade Federal do Ceará, com o Tema “Proposta Metodológica de Avaliação de Riscos em Barragens do Nordeste Brasileiro – Estudo de Caso: Barragens do Estado do Cerá”. Atualmente ocupa o cargo de Especialista em Infraestrutura Sênior do Ministério de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, em exercício no Ministério da Integração Nacional como Fiscal de Campo do Projeto de Integração do São Francisco.

 


Diogenes Henrique Abrantes Sarmento

Engenheiro Agrônomo Formado pela ESAM. Especialista em Fruticultura Irrigada pela FATEC/CENTEC. É Mestre em Irrigação e Drenagem pela UFERSA e Doutorando em Manejo de Solo e Água junto ao Programa de Pós-Graduação em Manejo de solo e Água da UFERSA. Trabalha com Pesquisas de culturas de clima temperado e subtropical (Macieira, Pereira, Caquizeiro, Amora preta, Mirtilo, Romãzeira e Cacauicultura) no Estado do Ceara.

 


Angelo José de Negreiros Guerra

Engenheiro Civil com experiência na área de Recursos Hídricos, atuando em Supervisão e Gerenciamento de Obras de Barragens, Abastecimento de Água, Saneamento, Dragagem e Irrigação. Trabalhou na Assessoria da Coordenação de Infraestrutura da Secretária de Recursos Hídricos do Estado do Ceará. Foi Gerente do Departamento de Obras de Barragens da Superintendência de Obras Hidráulicas – SOHIDRA. Membro da Comissão de Fiscalização das Obras do Eixo de Integração de Bacias Castanhão – Região Metropolitana de Fortaleza. Membro da Comissão de Fiscalização da Elaboração do Projeto Executivo do 1º Trecho do Cinturão das Águas do Ceará e na Supervisão, Fiscalização e Gerenciamento dos Serviços de Implantação do Sistema de Irrigação do Perímetro Araras Norte. Atualmente é Diretor Geral do DNOCS.

RODRIGO MÁXIMO SÁNCHEZ-ROMÁN

Membro da ASABE e ASCE, Coordenador do programa de Pós-Graduação em Agronomia – Irrigação e Drenagem, campus Botucatu, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Editor chefe da Revista Irriga. Possui graduação em Engenharia em Irrigação e drenagem, ISCAH – Cuba – 1984; Mestrado em Engenharia Agrícola, Texas A&M – USA – 1990; Doutorado em Engenharia Agrícola, UFV – Minas Gerais – 2006; e dois pós-doutorados, ESALQ – USP, 2008 e 2010.

 

RODRIGO R. FRANCO VIEIRA

Eng. Agrônomo, Especialista em Irrigação, Projetista de irrigação e Hidráulica da Codevasf, elaborador de diversos projetos de irrigação e adutoras, Estudos de Pré-Viabilidade, Viabilidade, e trabalhos diversos sobre economia de água, energia elétrica para irrigação e projetos. Autor do único livro em português sobre Válvulas Hidráulicas, em processo de publicação.

 
 

DEODATO DO NASCIMENTO AQUINO

Técnico em Agropecuária/IFCE-Campus Iguatu (1996-1998), Engenheiro Agrônomo/UFPB (2001 – 2005), Perito Federal Agrário do INCRA/Ceará (2007 – atualmente). Mestrado em Agronomia (Irrigação e Drenagem)/UFC (2006 – 2007). Doutor em Engenharia Agrícola/UFC na área de concentração: Manejo de Bacias Hidrográficas no Semiárido (2012 – 2015). Período de Doutorado Sanduíche no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE – 2014). No ano de 2012 foi palestrante na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Atualmente é membro Titular da comissão Interinstitucional de Educação Ambiental do Ceará e Membro Titular do Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Caatinga.

 

BRUNO DE ALMEIDA SOUZA

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal da Bahia (2001), mestrado em Ciências Agrárias pela Universidade Federal da Bahia (2003) e Doutorado em Entomologia pela ESALQ/USP (2008). É Pesquisador A na Embrapa Meio-Norte, na linha de pesquisa Apicultura Sustentável. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Conservação das Espécies Animais, atuando principalmente nos seguintes temas: meliponicultura, apicultura e qualidade dos produtos das abelhas. Atualmente ocupa a função de Assessor da Chefia-Adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Meio-Norte.

 

WILLY PESSOA RODRIGUES

Possui graduação em Administração de Empresas pelo Centro Universitário de João Pessoa (1979). Em 2003, fundou a Agência Mandalla DHSA (Desenvolvimento Holístico Sistêmico Ambiental), que pesquisa, desenvolve e divulga o método Mandalla de culturas sustentáveis e geração de renda para famílias carentes. Atualmente integra a Agência Mandalla Dhsa.

 

 


ANA CLARA RODRIGUES CAVALCANTE

Zootecnista formada pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2000). Concluiu Mestrado em Zootecnia na
Universidade Federal de Viçosa em 2002. Em 2010 foi titulada Doutora em Ciências pela ESALQ/USP. É pesquisadora da Embrapa Caprinos e Ovinos desde 2002. Possui experiência com manejo de pastagem nativa e cultivada. Liderou projetos na América Latina e na Africa em parceria com ICARDA-Síria, KARI-Quenia, INIA-Venezuela, INIFAP-México. É co-orientadora de alunos de Doutorado do PDIZ-UFC e UFPI. Atualmente desenvolve ações gerenciais na Embrapa, sendo responsável pelo Arranjo de projetos com tema Segurança alimentar animal no semiárido, sendo também Secretária Executiva do Portfolio Nacional da Embrapa no tema Convivência com a Seca. Participa como membro do Portfólio da Embrapa no tema Pastagens. Na Embrapa Caprinos e Ovinos é Secretária do Comitê Técnico Interno.Em 2017 lançou aplicativo Orçamento Forrageiro para o Semiárido e tem atuado em projetos que buscam a produção animal sustentável no semiárido, via temas como alerta precoce para risco de seca e caracterização de sistemas pecuários com potencial para indicação geográfica.

 

Sobral

Av. Dr. Guarany, 317, Derby Clube

CEP: 62042-030, Sobral, Ceará.

Faça uma ligação:

Telefone: (88) 3112-8137

Envie uma mensagem:

vwinotec@gmail.com

Facebook Twitter Twitter